Filhos de pais separados

Por Daniella Sinotti, psicoterapeuta e Consteladora familiar.

A cada três casamentos no Brasil, um termina em divórcio, de acordo com dados divulgados pelo IBGE. Mesmo que esteja se tornando habitual, não importa o sexo e a idade, o trauma da separação dos pais costuma ser recorrente em sessões terapêuticas.

Quando não há espaço para o diálogo, cada membro da família tende a se esconder e criar um mundo interno fragmentado. Com isso, resquícios de dor e mágoa perduram. Feridas abertas na alma causam prejuízos se não forem tratadas.

Quando um casal que tem filhos se separa, uma nova ordem familiar é estabelecida. A lógica da psicoterapia sistêmica leva em conta que, ainda que haja a separação do casal, eles precisam continuar unidos enquanto pais.

O sofrimento da separação não deve impedir que os adultos enxerguem a sua responsabilidade diante da saúde emocional dos filhos. É preciso lembrar que a hierarquia deve ser respeitada. As novas regras, pós-separação, devem ter como meta central o bem-estar dos filhos.

Nesse caso, é importante não transferir para as crianças a responsabilidade de servir como intermediárias nessa nova ordem da relação.

Por mais difícil que seja, o sofrimento emocional não deve servir como desculpa para que adultos assumam atitudes irresponsáveis, movidas por rancor e mágoa. Ameaças veladas, agressões e desprezo revelam a necessidade de procurar suporte psicoterapêutico.

Quando existe esforço no sentido de organizar a família no seu novo arranjo, levando em conta o bem-estar das crianças acima das desavenças, o saldo costuma ser positivo. Pai e mãe, em companhia ou não de novos companheiros, podem compor uma base de suporte emocional adequado às crianças.

Leia também

Vai uma música aí?

26 de maio de 2020

Medo

26 de maio de 2020

O tempo não espera por você

26 de maio de 2020

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Núcleo de Terapia Integrada Jordan Campos – Empresarial Thomé de Souza – Av. ACM, 3244 – Caminho das Árvores – Salvador – BA. Tel. 71 3561-6298 / 71 9943-7742 (Whatsapp Corporativo) | E-mail: contato@jordancampos.com.br

Desenvolvido pela Loup Brasil.

Abrir chat
Posso ajudar?
Olá,
Podemos ajudar?